HomeFinanceiroTudo que você precisa saber ao fazer DRE para academia!

Tudo que você precisa saber ao fazer DRE para academia!

Você já ouviu falar sobre DRE, mas, o termo financeiro ainda está muito longe da sua realidade de treinos e aulas? Não tem problema! Sabemos que lidar com números e burocracias nem sempre é a tarefa preferida dos donos de negócios fitness. Entretanto, fazer DRE para academia, estúdio ou box e ter o controle financeiro da sua gestão é algo básico para alcançar os resultados que você deseja.

Gestora de academia em frente ao computador fazendo DRE
Emissão de DRE é tarefa burocrática na rotina de gestores

Entretanto, afinal, porque esse documento é tão importante? Bom, entre tantos dados gerados por um negócio fitness, a DRE ajuda a identificar se a sua academia está sendo lucrativa o suficiente, mapeando os seus dados e o seu desempenho. Assim, o documento é essencial para o seu processo de controle financeiro. Saiba tudo sobre a DRE e, então, veja como é fácil evitar os prejuízos que aparecem no seu dia a dia!

O que é DRE?

Fazer DRE para academia pode parecer complexo para muitos donos de academia. Então, para descomplicar essa questão, iremos mostrar que esse não é um bicho de sete cabeças! Bom, a Demonstração de Resultado de Exercício (DRE) é um documento contábil que resume as suas operações financeiras. Ou seja, o relatório é considerado um dos mais importantes para avaliar a lucratividade e a saúde financeira da sua academia.

Simples de ser realizado, funciona como uma síntese do seu exercício financeiro, com números e indicadores detalhados. Para isso, a demonstração traz os dados gerados no seu negócio até chegar ao resultado líquido. Porém, a DRE não pode ser confundida com o fluxo de caixa, afinal, o relatório permite fazer previsões para longo prazo. Assim, com essas sínteses de resultados é possível ter uma visão mais ampla do seu negócio.

Por isso, o recomendado é que uma análise de DRE seja feita mensalmente. Isso garante que sua academia opere com maior estabilidade. Afinal, acompanhar o relatório ajuda a evitar erros comuns da gestão. Quer um exemplo? Muitas vezes, o saldo no seu caixa fecha o mês no positivo. Porém no contexto geral, em alguns casos, o negócio não está tão lucrativo quanto parece ser.

Fazer DRE para academia não é uma escolha!

Se você já leu até aqui, então, sugiro ir até o fim para dominar bem o assunto! Afinal, caso não saiba, a DRE é uma obrigação contábil e não uma decisão sua por fazer ou não. Assim, de acordo com a lei n° 11.638/07, a Demonstração de Resultado do Exercício é obrigatória para todas as empresas brasileiras (com exceção dos MEI’s).

O documento deve ser gerado e apresentado para a Receita Federal. Desse modo, o seu negócio precisa emitir o demonstrativo uma vez ao ano entre janeiro e dezembro. Entretanto, fora essa obrigatoriedade, a DRE também pode ser tirada trimestralmente para fins fiscais e mensalmente para análises administrativas. 

A transparência que a sua academia precisa!

Ficou muito claro que a demonstração é essencial para o seu funcionamento e para indicar os próximos passos da sua academia, não é mesmo? Assim, uma de suas principais vantagens está em justamente regularizar o seu negócio junto a Receita Federal. Entretanto, existem dois principais pontos positivos em acompanhar periodicamente a DRE. Dê uma conferida:

Clareza ao lidar com os números

A DRE possui uma estrutura padrão para tratar os seus números. Desse modo, todos os indicadores apresentado pela síntese facilita o entendimento da sua operação. Então, mesmo que você não seja o melhor amigo dos números, o relatório pode te ajudar a lidar com eles sem receios!

Acompanhar os seus resultados operacionais fica muito mais fácil quando você conta com um relatório que simplifique o financeiro. Com ele, você identifica o que tem dado certo no financeiro, principalmente, possíveis riscos, gargalos e gastos desnecessários.

Sem DRE, sem empréstimo!

Certo, você já entendeu que o DRE é um grande aliado para o seu dia a dia. Mas, o relatório é fundamental também em outras circunstâncias. Quer um exemplo? Bom, vamos imaginar a seguinte situação: a sua academia está crescendo e, então, você resolveu ampliar a sua infraestrutura e o seu estacionamento.

Entretanto, por muitos meses você estudou o seu caixa e as possibilidades de investimento. Porém, agora resolveu pedir um empréstimo para o banco ou para as instituições financeiras. Sabe o que viabiliza esse crédito? Sim, é a DRE! Se você não tiver o documento em mãos, não é possível dar continuidade aos seus objetivos.

Os investidores fazem empréstimos para negócios sólidos. Assim, o relatório transmite a transparência necessária sobre a saúde do seu negócio fitness, favorecendo os investimentos e o crescimento na sua academia.

Estrutura da DRE: o que deve ter?

Como já deve ter ficado claro, fazer DRE para academia é contar com um apanhado geral de informações. Entretanto, o que você pode encontrar ao consultar no relatório? Bom, como citamos, ali estarão demonstrativos de indicadores e valores gerados.

Existem mais de 10 itens para sua análise que podem ser demonstrados na DRE. Mas, saiba que é possível personalizar a emissão mensal escolhendo alguns tópicos de seu interesse. Desse modo, você monitora aquilo que tem urgência! Porém, vamos mostrar tudo que você pode encontrar em uma DRE:

Modelo documento para fazer DRE para academia
Modelo padrão de relatório de DRE

1. Receita bruta (ou receita de vendas)

Este valor representa todas as vendas de serviços ou produtos da sua academia. Entretanto, o que não é efetivado na hora também é contabilizado neste montante. Ou seja, é bem diferente do fluxo de caixa. Assim, a receita de vendas poderá incluir:

  • Dividendos
  • Prestação de serviços
  • Receita de vendas de produto
  • Recebimento de juros
  • Royalties

2. Impostos e deduções

Este tópico inclui todas as tributações que impactam na venda, como DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional)e ISS (Imposto Sobre Serviço), além de tributações de vendas, descontos oferecidos e abatimentos de impostos.

3. Receita líquida

A receita líquida é definida após reduzirmos as deduções totais da receita de vendas.

4. Custos de venda

Os custos de venda representam o seu investimento no seu time de vendas e marketing, assim como os demais indicadores aplicados para esses setores.

5. Lucro bruto ou resultado bruto

Lucro bruto representa a diferença entre a sua receita líquida e o gasto necessário para o funcionamento do seu negócio fitness.

6. Despesas Administrativas ou fixas

Aqui será apresentado todos os números investidos para que a sua academia se mantenha de portas abertas. Assim, nesse valor, não se leva em consideração o investimento em vendas. Dá uma conferida em alguns exemplos:

  • Água
  • Contas de aluguel
  • Conta de internet e telefone
  • Energia
  • Manutenção de equipamentos
  • Entre outros.

7. Despesas com vendas

Aqui são apresentados os gastos com comissões e custos gerados no pós-venda.

8. Despesas financeiras

Esses são os gastos com juros e multas que podem ser apresentados como despesas financeiras, incluindo os dividendos. Assim, todo o lucro ou prejuízo do seu negócio será exposto ao fazer DRE para a academia.

9. Lucro bruto

Resultado da receita líquida até aqui, mas, descartando os custos de venda.

10. IRPJ e CSLL

A DRE também traz especificações de tributos como IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica) e CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido). Assim, essas são tributações cobradas sobre o faturamento.

11. Resultado líquido

Então, finalizando, o resultado líquido irá representar a subtração de impostos e taxas pagas na sua academia do lucro bruto. 

Entendendo a estrutura para fazer DRE na academia!

A DRE envolve cálculos específicos de soma e subtração para chegar até a receita final. Por isso, o relatório precisa ser documentado com uma estrutura objetiva, porém, padronizada. Assim, o gestor consegue compreender tudo que está sendo apresentado.

Aqui neste conteúdo você pode entender bem o passo a passo da estrutura por cálculo. Entretanto, de forma resumida, ela se apresenta assim:

  • Receita Bruta
  • (-) Deduções e abatimentos
  • (=) Receita Líquida
  • (-) CPV (Custo de produtos vendidos) ou CMV (Custos de mercadorias vendidas)
  • (=) Lucro Bruto
  • (-) Despesas com Vendas
  • (-) Despesas Administrativas
  • (-) Despesas Financeiras
  • (=) Resultado Antes IRPJ CSLL
  • (-) Provisões IRPJ E CSLL
  • (=) Resultado Líquido.
Imagem do relatório no sistema Next Fit mostrando como fazer DRE para academia
Relatório de DRE apresentado no sistema Next Fit

Apenas alguns minutos para fazer o DRE para academia!

Como falamos, o DRE pode ser emitido e analisado todos os meses. Entretanto, você não precisa se preocupar em solicitar o relatório para um contador toda vez que precisar analisar os dados. Para isso, basta contar com o sistema de gestão Next Fit!

Em nosso módulo de financeiro, um relatório de DRE pode ser gerado de forma automática. Então, ao clicar nele, todos os dados e informações sobre sua academia serão apresentados na estrutura que trouxemos como exemplo. E o melhor: de maneira bastante simplificada, em uma visualização bastante intuitiva.

O Next Fit entrega mais de 80 relatórios!

Gostou das dicas? Então, saiba que o relatório para fazer DRE para academia é apenas uma das opções que o Next Fit disponibiliza para os donos de academias. Dentro do nosso sistema você tem acesso a outras análises de finança, operacional e administrativo. O Next Fit já melhorou a gestão em 2.500 negócios fitness por todo o Brasil e você pode ser o próximo. Então, conheça todas as nossas vantagens do nosso sistema!  

Artigos relacionados
- Sistema para academia -spot_img

Em destaque