HomeFinanceiroFinanceiro para Academia: simplificando a “sopa de letrinhas”! 

Financeiro para Academia: simplificando a “sopa de letrinhas”! 

Como sabemos, o financeiro para Academia, Estúdio ou Box é essencial para a existência do negócio. Um estabelecimento que gere mal essa área, com certeza, está em risco iminente de fechar as suas portas. Mas, infelizmente, muitos profissionais do mercado fitness reconhecem que esse seja um dos seus principais desafios.

Entretanto, como dominar o assunto e ter mais segurança em sua gestão? Simplificando! Conforme uma pesquisa feita pelo Next Fit, a cada 10 gestores, 8 mencionaram terem problemas com o financeiro para Academia e falaram buscar aprimorar o seu conhecimento sobre finanças. E, eu consigo entender!

Números, relatórios, nomes complicados: finanças parece mesmo um bicho de sete cabeças. Mas, só parece! Nesse artigo vou simplificar os principais indicadores do financeiro para Academia!

gestor analisando imagens de gráficos para desvendar o financeiro de academia
Financeiro é desafio para a maioria dos gestores de Academias, Estúdios e Boxes

O que são indicadores financeiros?

De forma geral, os indicadores são dados que medem e mostram os resultados e o desempenho de um negócio. Assim, um indicador de financeiro para Academia é uma informação que compete aos recursos gerados. Monitorar esses dados periodicamente (mês, trimestre, semestre, ano) é uma das bases para sua gestão. 

É através desses indicadores que você quantifica o crescimento do seu negócio. Assim, é possível entender o seu posicionamento no mercado, identificar problemas, oportunidades e tomar decisões de forma mais prática. Dessa forma, você pode priorizar ou redefinir metas e objetivo. 

Quais são os principais indicadores financeiros para Academia? 

Bom, é importante deixar claro que existe muita coisa para ser vista quando o assunto é financeiro para Academia! Um indicador pode ser mais complexo que o outro e, em muitos casos, você pode deixar para a sua contabilidade administrar.

Mas, se conseguir interpretar pelo menos os principais, irá manter a sua Academia sustentável e evitará prejuízos — inclusive, a falência. Com eles, você não mais gere o seu negócio com base em achismos e suposições. 

Então, confira os 7 principais indicadores para você acompanhar no seu dia a dia e facilitar o financeiro para Academia: 

Fluxo de caixa

Esse é um dos indicadores mais conhecidos! Mas, a verdade é que ele é confundido com “Caixa”. Então, vou explicar: o fluxo de caixa representa o saldo em dinheiro e, principalmente, todo o movimento financeiro registrado em determinado período. Ou seja, é tudo que entra e sai do seu caixa. Através dele é possível diagnosticar se sua Academia gera receita suficiente para cobrir custos, seu pró-labore e, ainda, ser lucrativa.

Como calcular?
É simples: subtraia do faturamento total as despesas do período. 

Na prática:
Vamos supor que você tenha 150 alunos ativos e cobre uma mensalidade de R$ 120,00. Em média, o seu faturamento mensal seria de R$ 18 mil. Mas, se você tiver um total de despesas de R$ 15 mil, então, o seu saldo de caixa será de R$ 3 mil. 

Custos e despesas fixas

Atenção redobrada para esses indicadores! Os números representam todos os custos e despesas que a sua Academia gera para continuar funcionando e atendendo os seus clientes com a mesma qualidade! Nesse momento, você deve focar naqueles gastos essenciais para sua Academia, ou seja, aquilo que você não pode abrir mão.

De forma simplificada, os custos e despesas são todos os gastos que você precisa honrar mês a mês. Mas, é importante aqui é não confundir custo e despesa. As despesas são bens e serviços necessários para o seu funcionamento, como aluguel, energia, internet, entre outros gastos. Já os custos são aquelas demandas administrativas que facilitam a gestão do seu negócio.

Por exemplo: gasto com marketing, capacitações de vendas e materiais de escritório. Se quisermos nos aprofundar, um custo também pode ser variável. Ou seja, nem todo mês você poderá contar com um valor específico porque esse gasto dependerá das atuais necessidades ou cenário de mercado.

Para entender melhor, observe essa tabela realizada pelo Next Fit. Aqui estão os custos e despesas fixas médias que Academias e Estúdios geralmente devem ter para se manterem sustentáveis: 

Tabela explicando gastos de Academia e Estúdios
Pesquisa Next Fit indica gastos gerais de Academias e Estúdios

Como calcular?
A conta é simples: basta somar todos os custos e despesas mensais e diminuir do seu saldo de caixa. 

Na prática: 

Bom, se você ganha em torno de R$ 18 mil por mês e teve uma despesa de R$ 16 mil recentemente, irá sobrar R$ 2 mil de saldo. Para sua Academia funcionar de forma sustentável é importante saber onde reduzir essas despesas. 

Temos um post que fala sobre a precificação de planos. Lá você entende, de forma mais detalhada, os impactos de indicadores como esse!

Margem bruta 

Esse indicador é considerado essencial para os pequenos e médios negócios. Afinal, ele mede a rentabilidade da Academia, entregando o seu lucro em percentuais e indicando se é possível honrar os seus custos fixos e ainda expandir os seus negócios. 

Em média, um negócio sustentável deve apresentar um percentual entre 30% e 50% de lucro. Mas, é evidente que quanto maior for a margem, melhor será para você. Entretanto, como saber o percentual ideal para manter a sua Academia operando? Tendo como base o fluxo de caixa citado anteriormente, faça a seguinte conta: 

Como calcular? 
Subtraia todos os custos do faturamento e multiplique por 100 para chegar a um percentual.

Na prática:
Se você fatura R$ 18 mil por mês e, em março, sua Academia gerou um custo total de R$ 10 mil para se manter funcionando. Se dividirmos o custo pelo faturamento, chegaremos a 0,55. Então, o seu lucro bruto é de 55% e está no esperado.

Margem líquida 

Agora, vamos falar da margem líquida que, de fato, foca na lucratividade da sua Academia, especialmente se ela possui um porte maior. Afinal, nesse momento, você não deverá apenas subtrair também as despesas geradas nesse último mês. Ou seja, no dia a dia, esses dois indicadores se completam e fazem você entender se está trabalhando apenas para pagar contas ou se está usufruindo do seu trabalho. 

Como calcular? 
O cálculo é semelhante à margem bruta. Mas, nesse cálculo deve-se levar em consideração o lucro líquido subtraindo custos mais as despesas. 

Na prática:
Vamos lá:
você faturou R$ 18 mil, mas teve um gasto total (custo + despesa) de R$ 15 mil. Então, se dividirmos R$ 3 mil por R$ 18 chegaremos ao valor de número 0,16. Em percentual, isso significaria, em média, 16,5% de margem líquida. 

Capital de giro

Agora, vamos imaginar a seguinte situação: a pandemia se agrava de novo e os alunos voltam a deixar de frequentar a sua Academia. Seu caixa estaria preparado? Caso você não tenha uma reserva, você pode ter que fechar o seu negócio. Mas, se estiver com um bom saldo em banco, então, poderá pagar os seus custos fixos sem depender dos alunos ativos. 

Assim, de forma resumida, isso é capital de giro. Saber quanto você tem de reserva representa o quão sustentável você está. Os negócios realmente preparados trabalham com um capital de giro que cobre pelo menos seis meses de custos fixos. Ou seja, metade de um ano estaria garantido com esse saldo. 

Como calcular?
Multiplique por 6 o seu custo e despesas fixos para chegar ao capital de giro ideal. 

Na prática:
Se você tem uma despesa média de R$ 15 mil, logo você precisa contar com uma reserva de R$ 90 mil. Assim, evitará imprevistos. 

Ticket médio

O ticket médio é um importante indicador de desempenho que exemplifica quanto o cliente está pagando pelo serviço na sua Academia. Ou seja, pela sua mensalidade ou plano de treinos. Avaliando esse indicador, com o cenário financeiro como um todo, é possível entender se você está cobrando o justo ou o suficiente para sua realidade. 

Como calcular?
Divida o faturamento total pelo número de vendas do período de análise. 

Na prática: 
Vamos voltar ao exemplo de uma Academia com 150 alunos ativos e faturamento mensal de R$ 18 mil? Se você quer avaliar o seu ticket médio ao final desse mês de abril, por exemplo, basta dividir o faturamento pelo número de alunos. Assim, chegaremos novamente ao número de R$ 120,00 de ticket médio.

ROI 

O Retorno sobre Investimento (ROI) indicará quanto a sua Academia está ganhando ou perdendo com cada investimento feito para a aquisição de novos alunos. Por isso, é muito usado para metrificar operações na área de vendas e marketing. Entendendo o que gera resultado ou não para a sua Academia, você define os investimentos que devem ser mantidos. 

Como calcular? 
Subtraia da sua receita de retorno o custo de investimento. 

Na prática: 
Vamos usar o investimento em marketing como exemplo. Em pesquisas realizadas pelo Next Fit, ficou constatado que gestores com cerca de 150 alunos, costumam investir, entre R$ 900,00 e R$ 1.000 em estratégias de atração de aluno e investimento em marketing. Isso representa, em média, 5% dos gastos totais da Academia. 

Ou seja, se você investiu R$ 900,00 e teve um retorno financeiro de R$ 1.700, então, o seu ROI foi de R$ 800,00.

Esteiras em ambiente de treino que impactam no financeiro para academia
Indicadores pode responder se o preço do seu serviço é compatível com o que você oferece

Saia da caixa e domine outros conceitos! 

Quando o assunto é o seu financeiro para Academia, é possível ir além para ter maior lucratividade! Existem indicadores que competem a área operacional da sua Academia. Mas, de qualquer forma, irão impactar diretamente as suas finanças. Então, quando estiver avaliando o seu crescimento, inclua na análise essas três indicadores importantes: 

CAC 

Você consegue responder quanto custa a aquisição de um novo aluno? Bom, tendo em vista que atrair e reter clientes é o objetivo de qualquer negócio, esse é um dado extremamente importante para a sua Academia. Felizmente, o indicador Custo de Aquisição por Clientes (CAC) te responde isso!

Através dele é possível saber quanto você está gastando com estratégias de marketing e capacitações em vendas para adquirir o cliente. Ainda, é possível identificar quão eficiente estão sendo as suas estratégias de aquisição.

Como calcular
Divida o número total de investimentos pela quantidade de novos clientes. 

Na prática
Supondo que você ganhou 15 novos alunos no último mês, e levando em consideração os mesmos R$ 1.500,00 aplicados em marketing e vendas, podemos dizer que o seu CAC é de R$ 100,00 por cliente.

Churn (Evasão)

Finalizando, irei falar sobre o Churn, essencial para evitar riscos de evasão na sua gestão. Essa métrica mensura quanto a Academia está perdendo em alunos ou receita. No seu tipo de negócio, o Churn irá representar todas as desistências e cancelamentos de um período escolhido por você para análise.

Como calcular
Divida a quantidade de clientes perdidos pelo número inicial de alunos.

Na prática
Então, vamos lá: como sabemos, no começo de março você tinha 150 alunos ativos. Mas, até o fim do mês, foram registradas 10 matrículas encerradas. Ou seja, podemos considerar que você irá ter um Churn de 6,6%.

LTV (Life Time Value)

LTV em tradução livre é Valor que o cliente vai te gerar ao longo do tempos que ele fica com você. Se ele ficar 10 meses, e sua mensalidade é R$ 120,00, logo, seu LTV é R$ 1.200.

Existe uma formula que simplifica o cohort e te permite identificar o seu LTV médio através da sua taxa de evasão. Logo, a partir da quantidade de clientes que você perde por mês, você consegue saber o LTV geral de seus alunos, a equação é bem simples.

LTV = (1/Evasão/Churn em %)*Ticket médio

Exemplo

LTV = (1/20%)* R$ 120

LTV = R$ 600

Sendo:

20% a minha evasão (que a gente chama de churn)

R$ 120 é a minha mensalidade

1 é a constante da equação.

Significa então, que em média, seus alunos colocam R$ 600 reais no seu bolso antes de deixarem a Academia. É claro que alguns deixam mais e outros menos, mas a média fica ali.

Este numero provavelmente é um dos mais importantes de se acompanhar. Sabendo que você vai faturar R$ 600 reais com cada aluno, você pode definir quanto irá investir em marketing e vendas para trazer um aluno. Vamos imaginar que você calcule o gasto do seu marketing e vendas e chegue na conclusão que está gastando R$ 50,00 pela aquisição de cada aluno. Eu te pergunto, isso é bom ou ruim?

Resposta: Ótimo! Você está investindo R$ 50,00 e recebendo R$ 600,00. Entendeu?

É claro que entra os custos fixos e seu retorno não será de 12 vezes (que é 600/50). Mas se colocar na ponta do lapis, vai ver que ainda teve um excelente retorno sobre o capital investido.

um gestor consultando números em papel e fazendo calculo na calculadora
Abandone processos manuais, canetas e papéis com um sistema de gestão

Perca o medo do financeiro para academia de uma vez por todas!

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre financeiro para Academia, está na hora de aplicar! Contrate um sistema de gestão rápido, eficiente e facilite a sua interpretação de indicadores financeiros. Com o Next Fit você tem acesso a todos os dados necessários para esses cálculos através de relatórios, gráficos e métricas. Então, saiba otimizar o seu tempo e esteja preparado para faturar ainda mais! 

Douglas Waltricke
Douglas Waltricke
CEO no Next Fit. Há 10 anos no segmentos fitness, especializado em marketing e vendas.
Artigos relacionados
- Sistema para academia -spot_img

Em destaque