HomeGestãoComo montar um Box ou Estúdio?

Como montar um Box ou Estúdio?

Abrir um espaço próprio é o desejo de muitos profissionais de Educação Física e adeptos ao mercado fitness. Até porque, os treinos visando saúde e estética são uma forte tendência: na América Latina, o mercado fitness cresce 7,1% ao ano. Mas, como montar um Estúdio ou Box do zero?

Para muitos, essa é uma iniciativa burocrática e complexa. Afinal, esse modelo de negócio envolve alguns processos específicos, como compra de equipamentos, capacidade de alunos, orçamentos, sala adaptada e treinos próprios. Mas, antes que o negócio fitness pareça mais complicado do que é, vamos fragmentar a ideia em pequenas etapas!

Para te ajudar, montamos um guia com as principais dicas da área. Atualmente, o mercado fitness brasileiro movimenta U$ 2,4 bilhões, ao mesmo tempo que conta com mais de 79 mil CNPJ de negócios fitness ativos (dados do Econodata). Mas, fora isso, o Sebrae aponta que, atualmente, o Box tem a maior procura para investimentos do mercado.

Mas, é importante frisar que Estúdio e Box não são Academias. Além da estrutura, a filosofia que envolve o negócio também é diferente! Por isso, não existe receita milagrosa para uma abertura de sucesso. Mas, existem decisões que tornam o processo mais fácil e seguro na sua implementação.

Com as nossas dicas você vai desmistificar a ideia de que, para começar, é preciso estar 100% pronto em relação ao seu objetivo. Assim, não espere ter todos os equipamentos de treino, o melhor ambiente e a maior equipe. O importante é começar! Então, vamos lá?

Homem montando um equipamento no estúdio ou box
Estúdios e Box são tendências do mercado fitness

Monte um plano de negócio!

Sem planejamento, de fato, um objetivo é apenas uma ideia! Quando se trata de valores, tenha em mente um investimento inicial de, pelo menos, R$ 58 mil (tendo como base uma turma entre 10 a 12 alunos). Entretanto, o capital necessário pode chegar a R$ 200 mil!

Por essas razões, é preciso ir além. Quando se trata de abrir ou montar um negócio, traçar o plano de negócio é essencial. Isso envolve fazer perguntas básicas sobre o seu Estúdio ou Box. Em seguida, alguns exemplos básicos:

  • Qual serviço quero oferecer?
  • Qual é meu investimento inicial?
  • Quais os meus diferenciais comparados com a concorrência?
  • Quem é meu público alvo?
  • Qual faixa etária, condição social e rotina dessas pessoas?
  • Onde ficará meu negócio?
  • Quis preços serão cobrados pelos serviços?
  • Irei contratar quantos profissionais?
  • Irei precisar de crédito financeiro?

Evidente que essas são apenas algumas perguntas de orientação para seu plano de negócio. Mas, elas já vão auxiliar bastante no momento dos primeiros passos. Logo, com o tempo e crescimento do Estúdio ou Box, novas aquisições e modernidades vão sendo integrados ao serviço.

Posicionamento certo na hora montar um Box ou Estúdio

Um ambiente moderno, elegante, acolhedor ou simplista: para abrir esse negócio é necessário saber como ele irá se posicionar no mercado. Ou seja, isso irá definir a imagem do lugar e como será visto pelos potenciais clientes.

Afinal, essa é uma etapa essencial, tendo em vista que a atividade Crossfit, por exemplo, é vista como um estilo de vida. Dessa fora, o seu estúdio precisa transmitir uma mensagem clara para os alunos que você deseja atrair.

Esse posicionamento ajudar a filtrar o público que será realmente beneficiado com o seu serviço. Existem três tipos comuns de posicionamento:

Estúdio ou Box Gourmet

Alta tecnologia e produtos importados: equipado com as melhores marcas do mercado, esse modelo prioriza a experiência do usuário. Maquinário de ponta e investimento em arquitetura e design são adotas como parte de uma estratégica de um Marketing Sensorial. Cores, luzes, músicas e até cheiros agradáveis: essa estratégia se baseia em estimular os sentidos do aluno para gerar uma boa experiência, assim, prender a sua atenção.

Estúdio ou Box Rústico

O gestor que optar por esse posicionamento investirá em arquitetura e design rudimentares. Por isso, a tendência é que esse espaço trabalhe com equipamentos mais básicos e acessíveis.

Estúdio ou Box Misto/Customizado

Mesmo com baixo orçamento, o objetivo desse gestor é oferecer um serviço diferenciado. Com o modelo misto, ele pode até não ter os equipamentos mais caro. Mas, irá priorizar a experiência através de uma arquitetura e design exclusivos e customizados.

Mulher e homem treinando com corda em um estúdio ou box
Gourmet, rústico ou misto: posicionamento atrai o perfil certo de alunos

Como montar a infraestrutura do Box?

Conseguiu identificar agora qual é o posicionamento do seu negócio? Então, vamos analisar os principais custos que fazem com que o seu objetivo se torne realidade. Além dos equipamentos, é necessário planejar bem: infraestrutura, design de interiores, obrigações legais e aluguel do espaço. Confira!

Arquitetura e design

Antes de tudo, um ambiente bonito, confortável e moderno já enche os olhos. Mas, a sua principal função, é motivar e qualificar a experiência do cliente. Cogite, principalmente, investir em arquitetura e design conforme o seu posicionamento. Atualmente, o valor de arquitetos e designers qualificados pode variar entre R$ 5 mil e 15 mil.

Mas, é claro que isso depende da sua realidade e ambição. O importante é ter um ambiente que, sobretudo, faça o aluno se sentir em casa. Se o ambiente for “instagramável”, ainda melhor! Assim, o seu próprio cliente fará seu marketing via redes sociais!

Por fim, na fase inicial, é imprescindível manter a fachada visível e sempre organizada. Dessa forma, o seu negócio será bem-visto e lembrado!

Espaço para Estúdio ou Box

Planejar o espaço é essencial na hora de montar um Box (principalmente quando se planeja a turma por horário). Por exemplo: um estúdio com projeção inicial para 80 alunos, e uma capacidade de 12 e 15 pessoas por turma, deve ter pelo menos algo entre 120 m² a 180 m².

No entanto, os preços com infraestrutura oscilam muito e, por isso, fica difícil estimar um valor final. Afinal, além do espaço destinado para o treino, o empreendimento pode contar com outros ambientes, como, por exemplo:

  • Estacionamento
  • Vestiário
  • Banheiro
  • Sala administrativa
  • Recepção.

Aluguel para Box ou Estúdio

Se você não tem uma sala própria para montar um Estúdio ou Box, cuidado com essa questão! Aluguel é uma despesa fixa que não deve ultrapassar 13% do seu faturamento alvo. Assim, se você tem como meta faturar R$ 30 mil quando o Estúdio ou Box lotar, então, o pagamento sempre deve ser inferior a R$ 3,9 mil. Tenha esse cálculo muito claro!

Obrigações legais

Por fim, antes de abrir o Estúdio ou Box efetivamente, verifique quais são as exigências legais. Como qualquer negócio, montar um espaço fitness envolve várias etapas burocráticas. Assim, ao tomar a decisão de abertura, consulte uma contabilidade e a prefeitura municipal de sua cidade. A partir disso, é possível:

  • Se registrar nos órgãos competentes (banco, Junta Comercial, Secretaria Estadual da Fazenda, entre outros);
  • Adquirir o alvará de funcionamento com a prefeitura municipal;
  • Obter a licença junto ao Corpo de Bombeiros. Esse registro será obtido no momento em que as exigências de segurança e proteção contra incêndio estiverem regularizadas.

Como montar uma equipe para Estúdio ou Box?

Outro ponto essencial são as contratações. Elas precisam ser estratégicas, afinal, seus instrutores e atendentes devem ter a personalidade do Box ou Estúdio. Mas, não se precipite contratando vários colaboradores logo no começo. Opte por uma equipe enxuta, porém, eficiente e de confiança. Um ou dois profissionais talentosos, habilidosos e comunicativos agregam muito mais que um incompatível com seu negócio.

A qualidade de instrutores e atendentes impacta diretamente na imagem do local e retenção de aluno. Consecutivamente, isso irá impactar também no seu ticket médio. Por tudo isso, não faça contratações baseadas em achismos. Sobretudo, leve em consideração o porte do negócio, o objetivo e a concorrência. Veja dicas para acertar na contratação dos seus colaboradores.

Instrutor levantando uma barra durante treino em Estúdio ou Box
Instrutores capacitados impactam na imagem do negócio e na retenção de alunos

Quais equipamentos necessários para montar um Estúdio ou box?

Enfim, chegamos a um dos pontos mais visados por quem está começando na área: equipamentos. Sim, eles serão a base do seu negócio. Dessa forma, devem ser escolhidos de forma padronizada. Ao definir por uma marca específica, compre todos os itens da mesma empresa e linha, de preferência.

Listar os itens indispensáveis para estúdios e box facilita nesse processo de decisão. Além dos equipamentos de treino, tem também os administrativos. Assim, o objetivo não é sair comprando todos os produtos disponíveis no mercado. Mas, saber o que vai ser priorizado no momento de compra!

Equipamentos de treino:

A lista de compras pode parecer volumosa, mas, calma! Você não precisa comprar tudo de uma só vez. Veja quais são os principais equipamentos:

  • Abmat de Apoio Lombar 
  • Anilhas 
  • Argola olímpica
  • Barras
  • Barreira para cone 
  • Bola de ginástica
  • Caixa de salto madeira 
  • Colchonete 
  • Cone (chapéu chinês) 
  • Corda de pular 
  • Corda naval 
  • Escada de agilidade 
  • Elástico
  • Fita de suspensão/ TRX 
  • Gaiola com 10 módulos
  • Helteres 
  • Kettlebells 
  • Kit argola de agilidade 
  • Luvas
  • Piso emborrachado
  • Power Bag
  • Presilhas
  • Protetor de
  • Roda abdominal 
  • Suporte para kettlebells
  • Suporte para Wall Ball 
  • Wall Ball.
Luvas e helteres para montar um estúdio ou box
Lista de equipamentos ajuda a organizar compras para abertura de Box ou Estúdio

Equipamentos administrativos

Um erro que muitos gestores cometem é esquecer do custo de equipamentos de atendimento e de suporte. Existem diversos itens que podem ser comprados, mas, de uma forma resumida, é importante priorizar:

  • Ar condicionado  e/ou Ventiladores
  • Armário 
  • Balcão de atendimento
  • Cadeira de recepção 
  • Microcomputador
  • Mesa e cadeiras para escritório 
  • Telefone sem fio
  • Entre outros.

Decidiu montar o seu Box ou Estúdio? Faça seu marketing!

Essas explicações te ajudaram a visualizar a montagem do seu Estúdio ou Box? Então, é hora de dividir os seus planos através do Marketing Digital. Esse trabalho começa antes mesmo da abertura do seu negócio. Ou seja, agora! Dessa forma, você pode investir em canais e redes sociais divulgando previamente seus serviços, além da própria inauguração.

É uma excelente forma de já estar ativo no mercado! Aliás, qualquer Estúdio ou Box da atualidade deve ter uma forte presença digital. Sites, redes sociais e fornecimento de conteúdos relevantes ao aluno irá tornar o seu espaço diferenciado. Mas, lembre-se que o trabalho de marketing é interminável!

A imagem no digital deve ser atualizada constantemente, principalmente com postagens e interações pertinentes junto ao público-alvo.

Lançamento semente e inauguração

Antes de implementar o seu Box ou Estúdio, porque não testar a receptividade desse novo serviço? Através da estratégia de “lançamento semente” é possível quantificar essas informações realizando uma análise de mercado. Através dele, a ideia de um novo negócio fitness será implementado entre os consumidores locais.

Essa estratégia de marketing é realizada em algumas etapas, como a divulgação do serviço por diferentes canais de marketing, a criação de uma pré-lista, a nutrição desses leads com conteúdos relevantes e, por fim, o convite para o evento de inauguração. Além da captação de novos alunos, o “lançamento semente” ajuda no engajamento com o público e na criação de autoridade.

Assim, no dia da inauguração, a ideia de um Estúdio ou Box já vai estar bem presente entre os potenciais clientes. Ainda, por fim, o seu evento de lançamento pode agregar valor através de atividades coletivas ou de um coquetel de boas-vindas. E, não deixe de convidar profissionais influentes da área fitness de sua região!

Otimize o seu negócio fitness!

Claro, montar um Box ou Estúdio do zero é um desafio de gestão. Mas, se o objetivo é começar dando um passo à frente, invista em tecnologia! Sobretudo, não dependa de caderninhos, blocos, fichas ou planilhas se você está começando. Conte com ferramentas aptas para gerir o seu o Estúdio ou Box e alavancar seus resultados.

Um sistema de gestão para academias otimiza seus processos. Com o Next Fit, o tempo investido em tarefas repetitivas é reduzido, automatizando o que antes era manual. Além de facilitar a prescrição de treinos e WOD, agendamentos e o cadastramento de alunos, o software controla todas as suas atividades financeiras e administrativas.

Contamos com um software simples, intuitivo e acessível em qualquer lugar. Conheça! Nessa fase inicial é fundamental se organizar e não perder tempo!

Douglas Waltricke
Douglas Waltricke
CEO no Next Fit. Há 10 anos no segmentos fitness, especializado em marketing e vendas.
Artigos relacionados
- Sistema para academia -spot_img

Em destaque