HomeGestãoRegras para Academia: 6 dicas para o atendimento da sua equipe!

Regras para Academia: 6 dicas para o atendimento da sua equipe!

Você nunca montou um manual com regras a para a sua Academia? Mas, saiba que deveria! Academias, Estúdios e Box são locais coletivos e frequentados por diferentes tipos de pessoas. Por isso, é preciso certas regrinhas para que alunos, funcionários e proprietários convivam da forma correta.

Então, saiba que sem uma boa conduta você arrisca perder os seus clientes! Academias que adotam — e seguem à risca — certas regras, melhoram a experiência de seus alunos ao longo do tempo. Por evitar descontentamentos, mal entendidos e até casos de falta de ética, essas boas práticas também fidelizam o público-alvo. 

Assim, o resultado será a retenção de alunos e o aumento do seu faturamento! Mas, como montar um manual com regras? Foque em um atendimento de excelência e preze pela integridade de seus alunos e colaboradores.

Professor fidelizando e batendo na mão de aluna após cumprir regras para academia
Success achieved after good workout

Porém, sabemos que cada negócio possui a sua própria realidade. Por isso, na hora de criar regras para Academia, o gestor deve considerar a sua rotina de negócio e o seu perfil de alunos. Veja 6 dicas que podem te ajudar a construir o seu próprio manual!

Normas para a sua Academia em 6 sugestões: 

Um manual de regras para Academia pode ser baseado em diversas questões de gestão. Aqui, trouxemos pontos que incluem normas de “etiquetas”, mas, também, critérios básicos de convivência. Além de trazer dicas, mostraremos também soluções para você aplicar no seu dia a dia! 

1. Equipe alinhada: o profissional é o espelho do negócio

Se a pessoa é um professor de Educação Física, o seu físico precisa fazer jus a essa função! Não se trata de ter um corpo hipertrofiado e bonito: trata de ter um corpo saudável! Afinal, como ele vai “vender” ao aluno algo que ele mesmo não vive?

Em seu dia a dia, o instrutor precisa gerar resultados que sirvam de estímulo para quem está treinando. Isso é uma prova de que o serviço da Academia funciona! Além disso, é recomendado que o professor não fique falando e incentivando os alunos a comerem mal ou usarem drogas. Isso vai contra os princípios do segmento! 

Solução: Assim que você definir um manual com regras para Academia, defina metas atingíveis, tanto para você quanto para a sua equipe. Então, passe a acompanhar a evolução física dos colaboradores

2. Evite distinções e conquiste alunos motivados

Jamais deve existir algum tipo de distinção entre os alunos da sua Academia! Esse é um conceito ético entre os professores de Educação Física. Independente de cor, idade, sexo, religião ou ideologia, todos devem ser tratados da mesma forma.

Mas, esse tópico não se refere apenas aos pré-conceitos. Ele inclui, também, a preferência por certos alunos ou grupos de pessoas. Afinal, a Academia é um local de aprendizagem e, também, socialização. Se algum aluno se sente excluído ou ignorado, ela acaba desmotivando de treinar. 

Uma pesquisa da ACAD mostrou que quase 70% das pessoas desistem de treinar por conta da desmotivação e falta de atenção dos professores. Em pouco tempo, um quadro de evasão de clientes pode se desenvolver na sua Academia! 

Solução: Por isso, quando for fazer um manual de regras para Academia faça também diretrizes para um tratamento padronizado. Elas servirão de guia para o seu time!

3. Instrutores devem priorizar conhecimento técnico

Está no Código de Ética: “[…] o ideal da profissão define-se pela prestação de um atendimento melhor e mais qualificado […]”. Assim, o professor com bom conhecimento técnico não é apenas aquele que conhece conceitos teóricos e os modelos de aparelhos. 

Mas, sim, aquele que transmite da forma correta o benefício do exercício e a maneira de usar o equipamento. Por isso, ao longo de sua profissão, o professor de Educação Física deve ser comprometido em se aprimorar tecnicamente em sua área.

Solução: Se você que é proprietário exige essa qualificação, você mesmo pode oferecer treinamentos, cursos e capacitações para o seu funcionário. Traga alguma novidade do segmento fitness todos os meses! 

Bom Instrutor de academia dando suporte enquanto aluna treina
Instrutores com aprimoramento técnico e postura profissional fidelizam e motivam mais alunos

4. Postura profissional: o que separa os medianos dos excelentes

Sabia que um profissional motivado pode ser até 50% mais produtivo que os demais (dados Right Management)? Pois é! Com certeza, uma equipe motivada irá reter mais alunos. Além disso, profissionais engajados, ativos e incentivadores facilitam os treinos e mostram ter mais profissionalismo. 

Por isso, não aceite professores bocejando, introvertidos e encostados pelos seus equipamentos! Imagina como o seu aluno se sentiria ao treinar um ambiente assim? Desmotivado! Sentar nos aparelhos, comer, beber, mascar goma e até fumar também são vistos como um alto grau de informalidade. Ou, até mesmo desrespeito! 

Paquera na Academia

Bom, esse ponto é uma questão de bom senso ! Mas, mesmo assim, é bastante comum que exista clima de paquera em locais de treino. Como esse é um lugar que trabalha com o físico das pessoas, pode acabar favorecendo uma troca. Porém, paquerar alunos ou deixar algo nas “entre linhas” é muito antiprofissional!

E, se alguma aluna (o) se sentir incomodada (o) com esse tipo de abordagem, ela pode ou cancelar a matrícula, ou, fazer algo pior: dizer que está sofrendo assédio sexual. 

Solução: Ao contratar um instrutor, faça o alinhamento com ele e já deixe claro a importância dele adotar certas posturas de conduta.

Explique quais são as ações e os comportamentos você não aprova, orientando sobre a postura de atendimento, os movimentos e toques em alunos que devem ser evitados. Por fim, se comprometa em colher feedbacks, tanto com o profissional quanto com os alunos.

5. Comunicação apropriada: evite problemas e construa relações 

Outro fator comum em Academias é a comunicação desapropriada para o local. Atendentes e professores devem trabalhar as suas conversas evitando falas curtas, frias ou até mesmo rudes. Isso evita que mal entendidos ocorram ou que os alunos se sintam ofendidos. 

Por isso, a equipe da Academia deve ser simpática, cordial e espontânea. Sabemos que em muitos casos o colaborador pode até ter boas intenções. Mas, a sua comunicação desalinhada acaba gerando uma má impressão para quem escuta. 

Solução: É muito importante avaliar periodicamente a recepção e os treinos, focando no diálogo entre a sua equipe e os seus alunos. Cuide também da linguagem corporal dos colaboradores durante todos os seus atendimentos.

 6. Profissionalismo tem nome e se chama: uniformes

As roupas de uma Academia são bastante específicas e podem gerar dúvidas para o gestor. Mas, a dica é focar em padronização! Com certeza você já esteve em algum lugar e, na hora de tirar uma dúvida com o funcionário, não achou ninguém uniformizado. Parece confuso e nada confiável, não é mesmo? 

Por isso, uniformes são vistos como uma prática comum em estabelecimentos que lidam diretamente com o público. O motivo é simples: profissionalismo. 

Solução: Invista em uniformes de qualidade (como camisetas confortáveis) e que representem a marca da sua Academia. Por fim, incentive sempre a sua equipe a usar as vestimentas adequadas.

Finalizando

É claro que essas são apenas algumas dicas que podem ser implementadas. Mas, se você está buscando aprimorar ainda mais a sua gestão, então, conheça o sistema Next Fit! Está passando por uma jornada de trabalho cansativa e investindo muito tempo em tarefas burocráticas e repetitivas? Resolva esses problemas digitalizando os seus processos e otimizando o seu serviço!

Douglas Waltricke
Douglas Waltricke
CEO no Next Fit. Há 10 anos no segmentos fitness, especializado em marketing e vendas.
Artigos relacionados
- Sistema para academia -spot_img

Em destaque